Eduardo Ruman (In Memoriam)
Diretor-Presidente
Administrativo e Empreendedor
Denise Ruman
MTB - 0086489
JORNALISTA RESPONSÁVEL
The Biggest and Best International Newspaper for World Peace
Founder, President And International General Chief-Director  :  Denise Ruman - MTB: 0086489 / SP-BRAZIL
Mentor do Jornal / Mentor of the Newspaper  :  José Cardoso Salvador (in memoriam)
Mentor-Director / Mentor-Director  :  Mahavátar Babají (in memoriam)

Notícias Internacionais / 08/03/2021


Sem mortes, Timor-Leste cita poder das parcerias contra o coronavírus

0 votes

Fonte ONU NEWS
Ministra da Saúde realça que país não pode baixar a guarda, mesmo tendo ficado sem registar infecções durante três meses; 109 casos foram notificados em um ano; ação com parceiros quer eliminar fragilidades enquanto se espera chegada de vacinas.

O mundo tem poucas histórias do combate à pandemia como a de Timor-Leste: desde o início da crise global de saúde, foram notificados 109 casos de contaminação e nenhuma morte pela Covid-19.

A ONU News conversou com a ministra timorense da Saúde, Odete Maria Freitas Belo, sobre a forma como o país responde à pandemia. De Díli, ela elogiou o poder de se estabelecer parcerias contra a doença.

Timorenses
Freitas Belo falou de solidariedade e das alianças que têm favorecido o país na luta contra o vírus. Segundo ela, agências da ONU, como a OMS, apoiaram várias ações e auxiliaram os timorenses de uma forma indispensável.

Timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminaçãoONU/Timor-Leste
Timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminação

A entrevista da ministra à ONU News marca ainda o papel da liderança feminina no combate à Covid-19 que é o tema do Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março.

Em mensagem, o secretário-geral da ONU disse que a liderança feminina tem mantido os níveis de prevalência mais baixos e os países no caminho da recuperação.

Ganhos
Para a ministra timorense, a aquisição dos primeiros testes e equipamentos de proteção individual como fruto da parceria internacional ajudaram a mitigar a crise.

Na quarta-feira, Timor-Leste terminou o período de restrições sanitárias estabelecidas pelo governo para evitar casos. A limitação de movimentos foi declarada em vários municípios.

Uma fase determinante deve iniciar em breve, quando o país começar a receber as 100,8 mil unidades da vacina contra a Covid-19 como parte da iniciativa Covax para impulsionar a prevenção.

Entre os 8% da população timorense comtemplados pela primeira fase de imunização estão profissionais de saúde, funcionários de aeroportos e moradores de áreas de fronteira.

Tendo ficado sem um único caso de Covid-19 em mais de 100 dias, os timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminação após sete semanas de declínio, segundo a OMS.

Liderança da resposta
O representante residente da ONU em Timor-Leste, Roy Trivedy, realçou que a "liderança forte de mulheres em vários campos ajuda a garantir que o país siga seguro e protegido". Ele contou que, no setor da Saúde, a ministra Odete Maria Freitas Belo e a diretora-geral Odete Viegas "foram fundamentais na liderança da resposta de saúde na pandemia".

Ainda em nível do governo, a vice-primeira-ministra e titular da área de Solidariedade Social, Armanda Berta dos Santos, "lidera a primeira transferência nacional de renda para famílias de baixos rendimentos". Ela está na frente do programa de vacinação no país.

Menina de Timor-Leste, onde o estado de emergência devido a pandemia terminou em 2 de janeiroUnicef/Bernardino Soares
Menina de Timor-Leste, onde o estado de emergência devido a pandemia terminou em 2 de janeiro


No entanto, as autoridades de Díli apontam que o sistema de saúde ainda é frágil. A ministra da Saúde reconhece o risco do país, apesar da nula taxa de mortalidade, da eficácia no controle e propagação.

Robustez
O país aposta em reforçar parcerias para melhorar a capacidade dos laboratórios nacionais, a gestão dos casos que venham a ocorrer, os centros de saúde com equipamentos de diagnóstico e a disponibilidade de medicamentos.

Este ano, a União Europeia financiou a OMS numa iniciativa para reforçar os sistemas de saúde até ao nível mais básico em Timor-Leste.

A ideia é garantir sistemas mais resilientes para dar uma resposta mais robusta à pandemia.

Para marcar este Dia Internacional da Mulher em 8 de março, a ONU News realiza um especial sobre a liderança feminina e o papel das mulheres na linha de frente do combate à Covid-19. Além da ministra Odete Maria Freitas Belo, o especial traz profissionais de saúde no terreno, autoridades e líderes em Moçambique, Angola, Brasil, Timor-Leste, Guiné-Bissau, Portugal e outras nações de língua portuguesa. Ministra da Saúde realça que país não pode baixar a guarda, mesmo tendo ficado sem registar infecções durante três meses; 109 casos foram notificados em um ano; ação com parceiros quer eliminar fragilidades enquanto se espera chegada de vacinas.

O mundo tem poucas histórias do combate à pandemia como a de Timor-Leste: desde o início da crise global de saúde, foram notificados 109 casos de contaminação e nenhuma morte pela Covid-19.

A ONU News conversou com a ministra timorense da Saúde, Odete Maria Freitas Belo, sobre a forma como o país responde à pandemia. De Díli, ela elogiou o poder de se estabelecer parcerias contra a doença.

Timorenses
Freitas Belo falou de solidariedade e das alianças que têm favorecido o país na luta contra o vírus. Segundo ela, agências da ONU, como a OMS, apoiaram várias ações e auxiliaram os timorenses de uma forma indispensável.

Timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminaçãoONU/Timor-Leste
Timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminação
A entrevista da ministra à ONU News marca ainda o papel da liderança feminina no combate à Covid-19 que é o tema do Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março.

Em mensagem, o secretário-geral da ONU disse que a liderança feminina tem mantido os níveis de prevalência mais baixos e os países no caminho da recuperação.

Ganhos
Para a ministra timorense, a aquisição dos primeiros testes e equipamentos de proteção individual como fruto da parceria internacional ajudaram a mitigar a crise.

Na quarta-feira, Timor-Leste terminou o período de restrições sanitárias estabelecidas pelo governo para evitar casos. A limitação de movimentos foi declarada em vários municípios.


Uma fase determinante deve iniciar em breve, quando o país começar a receber as 100,8 mil unidades da vacina contra a Covid-19 como parte da iniciativa Covax para impulsionar a prevenção.

Entre os 8% da população timorense comtemplados pela primeira fase de imunização estão profissionais de saúde, funcionários de aeroportos e moradores de áreas de fronteira.

Tendo ficado sem um único caso de Covid-19 em mais de 100 dias, os timorenses contrariam a tendência global de uma nova leva de contaminação após sete semanas de declínio, segundo a OMS.

Liderança da resposta
O representante residente da ONU em Timor-Leste, Roy Trivedy, realçou que a "liderança forte de mulheres em vários campos ajuda a garantir que o país siga seguro e protegido". Ele contou que, no setor da Saúde, a ministra Odete Maria Freitas Belo e a diretora-geral Odete Viegas "foram fundamentais na liderança da resposta de saúde na pandemia".

Ainda em nível do governo, a vice-primeira-ministra e titular da área de Solidariedade Social, Armanda Berta dos Santos, "lidera a primeira transferência nacional de renda para famílias de baixos rendimentos". Ela está na frente do programa de vacinação no país.

Menina de Timor-Leste, onde o estado de emergência devido a pandemia terminou em 2 de janeiroUnicef/Bernardino Soares
Menina de Timor-Leste, onde o estado de emergência devido a pandemia terminou em 2 de janeiro


No entanto, as autoridades de Díli apontam que o sistema de saúde ainda é frágil. A ministra da Saúde reconhece o risco do país, apesar da nula taxa de mortalidade, da eficácia no controle e propagação.

Robustez
O país aposta em reforçar parcerias para melhorar a capacidade dos laboratórios nacionais, a gestão dos casos que venham a ocorrer, os centros de saúde com equipamentos de diagnóstico e a disponibilidade de medicamentos.

Este ano, a União Europeia financiou a OMS numa iniciativa para reforçar os sistemas de saúde até ao nível mais básico em Timor-Leste.

A ideia é garantir sistemas mais resilientes para dar uma resposta mais robusta à pandemia.

Para marcar este Dia Internacional da Mulher em 8 de março, a ONU News realiza um especial sobre a liderança feminina e o papel das mulheres na linha de frente do combate à Covid-19. Além da ministra Odete Maria Freitas Belo, o especial traz profissionais de saúde no terreno, autoridades e líderes em Moçambique, Angola, Brasil, Timor-Leste, Guiné-Bissau, Portugal e outras nações de língua portuguesa.

Vídeo


Comentários
0 comentários


  • Enviar Comentário
    Para Enviar Comentários é Necessário estar Logado.
    Clique Aqui para Entrar ou Clique Aqui para se Cadastrar.

Ainda não Foram Enviados Comentários!

Copyright 2021 - Jornal Pacifista - All rights reserved. powered by WEB4BUSINESS

Inglês Português Frances Italiano Alemão Espanhol Árabe Bengali Urdu Esperanto Croata Chinês Coreano Grego Hebraico Japonês Hungaro Latim Persa Polonês Romeno Vietnamita Swedish Thai Czech Hindi Você